A três dias da sua partida, a 32ª Regata Internacional Recife-Fernando de Noronha foi apresentada em coletiva de imprensa, realizada nesta quarta-feira (22/09)

By / 2 meses ago / Sem categoria / No Comments
A três dias da sua partida, a 32ª Regata Internacional Recife-Fernando de Noronha foi apresentada em coletiva de imprensa, realizada nesta quarta-feira (22/09)

Fonte: Clauber Santana/Jornalista
Foto: Tsuey Lan Bizzocchi/Cabanga
A três dias da sua partida, a 32ª Regata Internacional Recife-Fernando de Noronha foi apresentada em coletiva de imprensa, realizada nesta quarta-feira (22/09),no Restaurante Chicama – Cabanga Iate Clube do Recife. Participaram da entrevista o Comodoro do Cabanga, Paulo Perez, o diretor da Refeno, Leonides Alves, o diretor técnico da Refeno, Edival Júnior, o diretor de projetos especiais (representando Noronha), Daniel Bezerra e o capitão da Capitania de Portos de Pernambuco, Márcio Rebello.

Com o retorno da regata ao calendário para 2021, o Comodoro do Cabanga Paulo Perez detalhou a força-tarefa para a realização do evento, com partida marcada para o dia 25/09 (sábado), no Marco Zero, Centro do Recife. Já o encerramento, que acontecerá depois de 14 dias de atividades na Capital pernambucana e em Fernando de Noronha, será no dia 03/10 (domingo).

“O Governo do Estado de Pernambuco analisou os protocolos e os projetos da regata e das festividades, fazendo com que a gente se adequasse. Toda a programação, que se divide em regata, festividades e ações sociais, está funcionando como evento-teste justamente porque a Refeno acontece tanto no Recife como em Fernando de Noronha. Montamos uma grande estrutura, enviando 750 cadeiras de navio, 200 mesas, roupa para garçom, grid, segurança e até controle de acesso com QR Code”, ressaltou.

Para a edição deste ano, estão confirmados 85 barcos de 16 estados brasileiros, além de uma embarcação estrangeira, da Espanha. A comissão organizadora estima a presença de cerca de 700 velejadores (máximo) na maior travessia oceânica da América do Sul. Devido à pandemia, o número de inscrições surpreendeu.

“Tivemos uma quantidade de barcos inscritos além do esperado. Mais de 600 velejadores chegarão à ilha de barco, fora os familiares que vão de avião. A Refeno é um evento que tradicionalmente movimenta turistas e ilhéus, sendo um dos maiores de Fernando de Noronha. A gente sempre faz o evento aberto ao público da ilha, mas este ano infelizmente precisamos ter controle de acesso, que será feito em tempo real. Se atingir 750 participantes, ninguém mais entra”, declarou Leonides Alves.

Diretor técnico da Refeno e também do Cabanga, Edival Júnior comentou sobre a previsão da prova. A largada será dividida em quatro grupos. A Regata Recife-Fernando de Noronha terá disputas nas classes ORC, IRC, RGS, VPRS, Mocra, Catamarã, Trimarã, Aço, Alumínio, Bico de Proa, Aberta, Turismo e Clássicos. Os barcos percorrerão 300 milhas náuticas, o equivalente a 560 quilômetros, na principal travessia oceânica do Brasil.

“Esse ano temos uma condição de vento bastante favorável. As previsões são bem positivas. Se tratando do mês de setembro, próximo ao fim do ano, o vento tem a tendência de girar mais para o quadrante norte, mas é previsto que permaneça no quadrante sul, o que dará mais conforto e tranquilidade para os participantes. Na largada, os grupos de barcos mais lentos são prioridade, depois as classes e subclasses de barcos mais competitivos e por último os catamarãs e multicascos, que provavelmente disputarão a Fita Azul”, pontuou.

Capitão da Capitania de Portos de Pernambuco, Márcio Rebello reforçou a fiscalização dos itens de segurança para os barcos. O grande e principal objetivo é tornar a disputa ainda mais segura. Para isso, alguns elementos precisam estar funcionando além dos que já são conhecidos pelos velejadores. O procedimento tem como foco principal checar a presença dos itens básicos de segurança para a travessia, a exemplo de GPS, coletes e extintores de incêndio.

“Fizemos a relação de todos os itens de segurança dos barcos. Estamos fiscalizando todos os barcos que vão participar da regata para verificar se estão cumprindo os requisitos que foram expedidos pela portaria. Durante a regata, haverá três embarcações na água apoiando a largada, um navio de Natal/RN (Navio Patrulha Guaíba – NGB) que vai acompanhar toda a regata, prestando todo o apoio. Na ilha, serão três equipes para apoiar a chegada de todos os barcos. Teremos uma regata com segurança”.

Protocolo

Antes da largada, os competidores terão que apresentar uma das seguintes opções de exames: Sorológico quantitativo de IgG (reagente) com menos de 90 dias; Dosagem dos anticorpos neutralizantes (reagente) com menos 90 dias; RT-PCR por swab nasal (coletor usado no teste) positivo há mais de 20 dias e menos de 90 dias; RT-PCR por swab nasal negativo 48 horas antes do embarque no veleiro.

O aviso dos coordenadores da prova é que nenhum inscrito poderá embarcar sem apresentar um dos exames, exigindo o cumprimento do protocolo de segurança sanitária. Os mesmos protocolos são necessários para os acompanhantes que chegarão à ilha de avião e para o público em geral. O resultado precisa ser enviado pela internet.

A Refeno

Regata Internacional Recife – Fernando de Noronha (Refeno) criada em 1986, com apenas 22 participantes, época em que estes contavam apenas com os astros para determinar sua rota de navegação. Em constante evolução vem atraindo, todos os anos, competidores do Brasil e de várias partes do mundo. E não é difícil entender por quê. O mar, o vento e o clima de Pernambuco são ideais para a navegação. E as paisagens, tanto na partida quanto na chegada, são das mais belas do país.

Os barcos partem do Marco Zero, ponto turístico do Recife e seguem com destino a Fernando de Noronha, ilha oceânica de águas cristalinas, onde é possível encontrar natureza pura, com golfinhos e atobás fazendo a festa dos visitantes. São 300 milhas náuticas de percurso, ou 560 km entre céu e mar.

A Organização

Organizada pelo Cabanga Iate Clube de Pernambuco, a Refeno quebrou um recorde em 2004 com mais de 140 barcos inscritos na regata. Veleiros de tamanhos e categorias diferentes. E o grande vencedor foi o Ave Rara, um trimarã de Pernambuco, embarcação espartana e muito veloz, comandada por Vicente Gallo.

As classes

Todos os anos, recebemos embarcações de diversas classes como: ORC, VPRS, RGS, Mocra, Multicascos: Catamarãs e Trimarãs, Metal, Bico de Proa, Aberta e Turismo. Algumas dessas classes precisam apresentar o certificado de Medição, com validade anual, onde será aplicada de acordo com a correção do tempo corrigido.

Classe ORC – barcos portadores de certificado ORC, válido para o ano de 2020. A correção dos tempos reais será feita pelo sistema simplificado Performance Line Corrected Time, utilizando-se para o cálculo a distância geográfica de 291,6 milhas náuticas.

Classe VPRS – barcos portadores de certificado VPRS, válido para o ano de 2020. A correção dos tempos será pela aplicação do TCC sobre os tempos reais.

Classe RGS – barcos portadores de certificado RGS, válido para o ano de 2019. A correção dos tempos será pela aplicação do TMFAA sobre os tempos reais. A não apresentação deste certificado acarretará na aplicação do maior TMFAA de um barco semelhante cadastrado no banco de dados da BRA/RGS.

Classe MOCRA – Barcos portadores de certificados MOCRA, válido para o ano de 2019. A correção dos tempos será pela aplicação do TCF sobre os tempos reais.

Classe MULTICASCO – Catamarã

Classe MULTICASCO – Trimarã.

Classe ABERTA – destinada aos monocascos que não se enquadrarem de forma alguma nas classes ORC, RGS ou AÇO, e cujos comandantes não desejam participar da classe BICO DE PROA. Em função de análise da Comissão Organizadora, barcos de série só podem inscrever-se nesta classe quando a citada comissão não encontrar nos arquivos da RGS/ORC uma medição para o mesmo modelo.

Classe Aço – Barcos construídos em aço. Barcos deste tipo poderão se inscrever nas classes RGS ou ORC, desde que tenham certificados de medição dessas classes.

Classe Alumínio – Barcos construídos em alumínio. Barcos deste tipo poderão se inscrever nas classes RGS ou ORC, desde que tenham certificados de medição dessas classes.

Classe BICO-DE-PROA – Os barcos da Classe Bico-de-Proa deverão ser barcos do tipo monocasco que usem velas grandes, genoas e bujas confeccionadas unicamente com Dacron, Prolan ou filmes, não sendo permitida a utilização de spinnakers simétricos ou assimétricos. A inscrição de barcos nessa Classe está sujeita à análise e aprovação da Comissão Organizadora.

Classe TURISMO – Nesta classe poderá se inscrever qualquer barco que não deseje participar da regata a vela. Poderá ligar o motor durante todo o percurso sem nenhuma penalização. Estarão nesta classe as embarcações que desejam participar do evento e apenas fazer turismo oficialmente na Refeno.

Uma das classes escolhidas por alguns velejadores é a classe turismo, para aqueles que desejam participar da regata sem nenhuma penalização, apenas passear.

O recorde

O atual recorde é do Veleiro Adrenalina Pura, da Bahia, que tem como comandante Georg Ehrensperger que conquistou a marca de 14 horas, 34 minutos e 54 segundos em 2007.

O recorde dos monocascos é do veleiro gaúcho Camiranga, comandado por Gabriel Samuel Albrecht, que em 2017 fez a travessia em 19h03min18.

A Premiação

Mas não é apenas o barco que chega primeiro que recebe prêmio na regata mais charmosa do Brasil. Além do Fita Azul, os três primeiros colocados das diversas classes também recebem troféus. Outras premiações também fazem a alegria dos competidores, como o primeiro estrangeiro a cruzar a linha de chegada, o barco que vem de mais longe, o tripulante mais jovem, o mais velho e o barco com maior percentual de mulheres a cruzar a linha de chegada e não termina por ai, ainda tem prêmio para o penúltimo colocado que leva o Troféu Tamar: tartaruga marinha.

E é assim, festejando do primeiro ao último colocado, que a Refeno faz sucesso. Ela é muito mais do que uma simples competição; um ponto de encontro de amigos, que escolheram a vela como estilo de vida.

Ação & Aventura

The www.acaoeaventura.com.br is a portal specialized in Sports of Action and Adventure, Sketches of Action and Adventure, Ecotourism, Environment. Our site is divided into thematic frames to facilitate the reading and visualization of the best videos of the sports you love, thus serving as an incentive and motivator for those who want to start an outdoor sports activity and be happier. In the Track Soundtrack we always bring the news of the sound that is playing in the best cities in the world, through the coverage of events and shows; At the Get in Shape Chart we always have the best tips on Nutrition, Physical Education, Aesthetics, Body and Mind, Fashion; In addition to the Photo Gallery, Weather Bulletin, Tabua de Maré and everything for you to improve the quality of life. A pioneer in this market in Northeastern Brazil, www.acaoeaventura.com.br is updated several times a month and aims to provide useful information, products and services, comprehensive and high added value. Through innovations such as the online coverage of events and the creation of specific products, www.acaoeaventura.com.br has managed to consolidate itself as a quality brand, becoming the benchmark in the Web. The site www.acaoeaventura .com.br is produced and managed by a team led by Ricardo Arantes Dubeux graduated in Civil Engineering and has been sailing since the age of five. Ricardo was the Idealizer, Producer and Presenter of the Action and Adventure Program of the Transamérica FM Radio stations of Recife / PE and João Pessoa / PB and Radio 98 FM - Natal / RN during the period of 2004 to 2006. He is considered one of the greatest supporters of Sports of Action and Adventure of Brazil and in the world, collecting to the site www.acaoeaventura.com.br important participations in national and international events, as for example: The world championships of the diverse sport modalities of action and adventure in Europe, South Africa , USA, among others ... Ricardo Arantes Dubeux Sailing Hobie Cat 16 It is worth mentioning that Ricardo Arantes Dubeux is sixth State champions of Hobie Cat 14, Champion of the Brazilian Ranking of Hobie Cat 14, Brazilian Deputy Champion of Hobie Cat 14 and Supercat 17, Third Place in the World Championship of Hobie Cat 14, was awarded the Green Card in the USA, in category E11, ALIEN OF EXTRAORDINARY ABILITIES, due to his achievements in yachting, street racing, cycling, among other sports that he has practiced since I was 5 years old. Between an adventure and another, Ricardo Dubeux supplies the site Action and Adventure. With a highly qualified and targeted audience, the portal offers several possibilities and advantages for its advertisers. Inside the site you may also find a virtual shopping mall and services. When setting up the site our main objective has always been, and will be, to encourage sports practice and consolidate outdoor activities, because they bring people closer to nature, to pleasure for simple things in life, putting into action a responsibility action contributing to the improvement of living conditions on our planet earth. 📷In the site all you need is adventurous spirit and passion for action and for nature, because the rest, the portal offers for you!

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked. *

O www.acaoeaventura.com.br é um portal especializado em Esportes de Ação e Aventura, Roteiros de Ação e Aventura, Ecoturismo, Meio-Ambiente. O nosso site esta dividido em quadros temáticos para facilitar a leitura e visualização dos melhores vídeos dos esportes que você ama, servindo assim, de incentivador e motivador para quem quer iniciar uma atividade esportiva outdoor e ser mais feliz.

FACEBOOK